terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Slow Food







As aulas voltaram, e logo na primeira aula ( Cozinha Contemporânea ), a professora discutiu conosco sobre o que está em alta na gastronomia, segundo ela, cozinha molecular deixará de ser a mais visada e o assunto do momento será Slow Food. Cozinha lenta? Como assim?
Nosso cotidiano é muito corrido, quase não paramos em casa, vivemos estressados e nossa alimentação também é prejudicada. Não sobra tempo para nos alimentar de uma maneira saudável e a opção que nos resta são os fast-food, comemos em ritmo acelerado e o sabor da comida não é apreciado, além de não saber o que estamos comendo. Com base nessa idéia, foi criado o movimento Slow Food, que visa melhorar a qualidade da nossa alimentação. O princípio do movimento é o prazer da alimentação, utilizando produtos de melhor qualidade e produzidos de forma que não prejudique o meio ambiente e os responsáveis pela produção. 
Esse movimento representa a união entre ética e prazer da alimentação. Restitui ao alimento sua dignidade cultural, favorece a sensibilidade do gosto e luta pela preservação e uso sustentável da biodiversidade. 



Alimentar-se é um ato agrário e consumidores informados e exigentes se tornam co-produtores. Para
eles, o alimento deve ser bom, limpo e justo. 
Bom … significa apetitoso e saboroso, fresco e capaz de estimular e satisfazer os sentidos.
Limpo … significa produzido sem exigir demais dos recursos da terra, seus ecossistemas e meio-ambiente e
sem prejudicar a saúde humana.
Justo … significa respeitar a justiça social, o que significa pagamento e condições justas para todos os envolvidos no processo, desde a produção até a comercialização e consumo. Ao treinar nossos sentidos para compreender e apreciar o prazer que o alimento proporciona, também abrimos
nossos olhos para o mundo.



Além disso, esse movimento gerencia o Terra Madre que é um projeto para construir uma rede internacional de produtores de alimentos e representantes de comunidades locais, cozinheiros, acadêmicos e jovens com a finalidade de estabelecer um sistema de produção de alimentos que seja bom, limpo e justo, e que respeite nosso planeta, as pessoas que nele vivem e a diversidade de seus gostos, alimentos e culturas. Em um mundo dominado pela agricultura industrializada, Terra Madre apóia ativamente modelo local sustentável de pequena escala.



Bom, achei este assunto muito interessante pois nós estamos vivendo uma crise com o meio ambiente, e esse movimento preza o mesmo, fazendo com que nós, consumidores, passemos a ter responsabilidade e consciência sobre o que estamos adquirindo, valorizando o produtor tradicional.
Passamos a saborear o alimento que comemos, o verdadeiro sabor, a textura do alimento, sua cor, aroma natural, valorizar o tempo e a convivência com as pessoas, isso é slow food.



Obrigado pela visita!
Site do movimento: http://www.slowfoodbrasil.com/




2 comentários:

  1. Fiquei até com peso na consciencia depois do m'c que eu comi ontem.... kkk

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela matéria. Ótima, amei!

    ResponderExcluir

OCIOSO!